Banner
Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 22:15
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UNIVERSIDAD CENTRAL DEL PARAGUAY

Notícias


Motociclista mata um e deixa criança e mulher feridas em Campo Grande

Data da publicação: 21/04/2017 à00 15:16


Foi identificado como Marcílio de Souza Júnior, de 38 anos, o homem executado na noite desta quinta-feira (20) no anel viário da BR-262 entre as sa

Além de Marcílio, no carro estavam a esposa da vítima fatal, identificada como Rafaela Gonçalves, 23, a filha do casal de 3 anos, uma prima e a avó de Rafaela, respectivamente com idades de 13 e 82 anos.
Rafaela levou um tiro na coxa e a menina de 3 anos foi atingida por um disparo no braço. Todos estavam em um Fiat

Pálio cinza (HRN-8097) que transitava na rodovia no sentido à saída de Sidrolândia, quando foram abordados pelo autor que estava em uma moto. A idosa e a adolescente não foram atingidas.

A família seguia para o Centro Penal Agroindustrial da Gameleira onde Marcílio cumpria pena, quando o motociclista se aproximou. Marcílio ainda tentou fugir retornando pela pista contrário, porém foi alcançado e executado a tiros.

A porta do carro ficou com a perfuração de quatro tiros e o vidro quebrou por causa dos disparos. Marcílio morreu no local e Rafaela e a filha foram levadas para atendimento na Santa Casa. O autor fugiu após o crime.

Segundo uma tia de Marcílio, que estava no local, o sobrinho cumpria pena por roubo na Gameleira há três meses. Ele retornava ao Centro Penal na noite desta quinta após ter conseguido uma liberação para uma consulta médica.

De acordo com o delegado Hoffman Dávila, Marcílio foi atingido por ao menos sete tiros e, no local, foram encontradas várias cápsulas deflagradas e a polícia já tem a identificação de um suspeito do assassinato.

O caso pode estar relacionado ao tráfico de drogas ou rixa antiga. Ainda segundo familiares da vítima, Marcílio que deixa sete filhos teve um irmão que também foi assassinado. O caso será registrado na Depac Piratininga. 

ídas de Sidrolândia e Aquidauana em Campo Grande.

Fonte:Assessoria.


Busca
Último evento
Entrevistas