Banner
Segunda, 22 de Maio de 2017 - 21:11
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UNIVERSIDAD CENTRAL DEL PARAGUAY

Notícias


Assomasul agradece Temer pela MP que parcela dívida dos municípios com INSS

Data da publicação: 18/05/2017 à00 10:55


O dirigente municipalista aproveitou a oportunidade para agradecer a Medida Provisória, assinada por Temer

Divulgação: Dora Nunes
 
 
Vice-prefeito de Ponta Porã, Caio Augusto, representou Município em evento que reuniu prefeitos de todo o Brasil.Vice-prefeito de Ponta Porã, Caio Augusto, representou Município em evento que reuniu prefeitos de todo o Brasil.

O presidente da Assomasul, Pedro Caravina, se encontrou com o presidente da República, Michel Temer, durante a XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. Na ocasião, Caravina pediu apoio em favor de novas medidas que resultem em benefício às prefeituras.

O dirigente municipalista aproveitou a oportunidade para agradecer a Medida Provisória, assinada por Temer nesta segunda, que amplia as parcelas das dívidas dos municípios com INSS em 200 vezes.

O presidente da Assomasul e outros 52 prefeitos do Estado que participam esta semana da XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, defendem a MP como forma de aliviar as finanças públicas.

Segundo ele, a medida visa amenizar a situação atual dos municípios com a previdência, uma vez que nove em cada dez cidades brasileiras tem dívida previdenciária, sendo que o valor chegou em quase R$ 100 bilhões em 2016, conforme dados da CNM (Confederação Nacional de Municípios), que lidera a mobilização nacional.

A MP

A medida provisória prevê a renegociação das dívidas dos municípios com a Previdência Social, problema que compromete as contas de aproximadamente 3 mil prefeituras.

Atualmente, as prefeituras podem renegociar dívidas com o INSS em até 60 parcelas pagando um mínimo de 20% do valor devido. A medida do governo amplia o número de parcelas e reduz o percentual do pagamento inicial.

O texto prevê três pontos principais:

O parcelamento em até 200 meses da dívida dos municípios;

A redução dos juros em até 80%;

Redução de 25% nas multas e encargos da dívida.

"O que mais me agrada neste momento é que eu posso assinar essa MP com parcelamento em 200 meses do débito previdenciário. Não é apenas parcelar, reduzimos 80% dos juros, 25% dos encargos e das multas.

[…] Isso visa o fortalecimento da União", afirmou Temer após a assinatura.

A medida assinada por Temer foi acordada entre governo e as duas entidades que representam os municípios: a Frente Nacional dos Prefeitos e a Confederação Nacional dos Municípios.

De acordo com a colunista do G1 e da Globo News Cristiana Lôbo, com a medida provisória, o governo federal quer, como contrapartida, que os prefeitos ajudem a defender a reforma da Previdência que tramita no Congresso.

PONTA PORÃ

O município de Ponta porã esteve presente na XX Marcha a Brasilia. O vice-prefeito Caio Augusto, representou o prefeito Hélio Peluffo no evento e acompanhou tanto as reuniões dos prefeitos com lideranças do governo federal bem como acompanhou os debates em torno dos problemas enfrentados pelos municípios brasileiros. (Com informações da Assomasul).

 

Busca
Último evento
Entrevistas