Banner
Sexta, 20 de Outubro de 2017 - 09:17
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UNIVERSIDAD CENTRAL DEL PARAGUAY

Notícias


PRF intensificou fiscalização no final do feriado de Corpus Christi

Data da publicação: 19/06/2017 à00 09:03


Motorista é submetido ao teste de bafômetro - Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) finalizou à 0h deste domingo (18) a Operação Corpus Christi, que teve início quarta-feira feira (14). Durante fiscalização, policiais flagraram inúmeras infrações graves nas rodovias federais do Estado. Balanço final só será divulgado nesta segunda-feira (19).

Durante esse trabalho, dados preliminares mostraram que em 2h30, 63 veículos transitaram com velocidade acimada de permitida na BR-262, perto de Anastácio. Isso corresponde a dois carros por minuto cometendo uma infração.

O foco da operação é a redução da violência no trânsito. Infrações graves como excesso de velocidade, embriaguez ao volante, ultrapassagens irregulares e infrações que comprometem a segurança estão sendo priorizadas.

As fiscalizações estão sendo feitas por dez delegacias e 22 unidades operacionais que estão espalhadas por mais de 3.660 Km de rodovias federais no Mato Grosso do Sul. Está também sendo utilizado um helicóptero.

Com reforço no efetivo, a operação conta com radares fotográficos para conter os excessos de velocidades. Etilômetros (bafômetros) estão disponíveis para todos policiais realizarem fiscalizações ligadas ao consumo de álcool pelos motoristas.

Na tarde e noite de hoje (18), no fim do feriado, a PRF declarou que espera aumento no fluxo de veículos, por isso reitera a necessidade dos motoristas terem atenção redobrada nos deslocamentos.

Combinações de caminhões com excesso de dimensão, que necessitam de Autorização Especial de Trânsito (AET), estão proibidos de trafegar das 16h às 22h nas rodovias federais de pista simples.

Segundo informações da PRF, a falta de atenção e a imprudência tem sido a maior causa de acidentes, onde excesso de velocidade, consumo de álcool e ultrapassagens proibidas potencializam acidentes graves, principalmente onde há maior concentração de veículos, como em perímetros urbanos.

 
Fonte:Assessoria.

Busca
Último evento
Entrevistas