Banner
Sábado, 16 de Dezembro de 2017 - 04:05
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
ucpooo

Notícias


Apesar de crise nacional, Governo do Estado prioriza saúde e repassa mais de R$ 26 milhões a hospitais

Data da publicação: 11/08/2017 à00 09:25


Foto: Edemir Rodrigues

O Governo do Estado repassou, nessa semana, mais de R$ 26 milhões aos hospitais de Mato Grosso do Sul, incluindo as unidades de Campo Grande, que receberam cerca de R$ 6,5 milhões. Na Capital, o valor foi destinado à Santa Casa, Hospital do Câncer, Hospital São Julião e Maternidade Cândido Mariano. No município de Dourados, os hospitais da Vida e Universitário receberam R$ 2,4 milhões. O montante pago pelo Governo é reflexo de esforços e remanejamento de recursos, manobra exigida pelo governador Reinaldo Azambuja para que a gestão esteja em dia com os incentivos na área de saúde, mesmo diante da crise financeira que afeta o país.

Além de quitar o repasse mensal referente ao mês de julho- cerca de R$ 12 milhões -, o Governo do Estado também quitou alguns atrasos com os municípios e, assim, selou a saúde como prioridade na gestão. O total depositado nessa semana, por meio da Secretaria de Saúde (SES), contempla 65 cidades de Mato Grosso do Sul.

Diretores de hospitais reafirmaram a importância do convênio entre Governo e entidades. Em Fátima do Sul, munícipio que recebeu mais de R$ 336 mil, a diretora do Hospital SIAS (Sociedade Integrada de Assistência Social do Hospital SIAS), Rose Conceição da Costa Villasboas, lembrou que "o governo sempre esteve empenhado em cumprir com seus compromissos".

"O Governo do Estado representa uma importante parceria com o hospital em Fátima do Sul. Sabemos que a situação econômica não é favorável devido à crise atual em todo país, mas desde então. Os nossos recursos estão em dia, o que significa muito para a rotina do hospital que é uma grande referência para outros municípios. O nosso hospital foi responsável por 850 cirurgias durante a Caravana da Saúde", afirmou Rose.

Para Três Lagoas foram repassados mais de R$ 2,7 milhões. Já para o município de Ponta Porã foram depositados R$ 1,3 milhão e Paranaíba recebeu R$ 1,7 milhão, sendo R$ 85 mil destinados ao Hospital de Psiquiatria Bezerra de Menezes.

"O Hospital de Psiquiatria de Paranaíba é uma referência para receber pacientes de praticamente todo o estado. O Governo do Estado nunca mediu esforços para atender a instituição, até mesmo com seus incentivos financeiros, na atual condição econômica que o país enfrenta, e mesmo assim estão em dia. A atual política nacional de cuidados psiquiátricos não favorece as instituições filantrópicas, por isso o compromisso do Governo do Estado tem sido de grande importância. Sem esses repasses não conseguiríamos custear o hospital por conta própria", explicou o gerente de planejamento do hospital, Wagner Alves Oliveira.

Nos últimos dois anos de gestão – 2015 e 2016- mais de R$ 2,4 bilhões foram investidos em saúde pelo Governo do Estado, valor quase 5% maior do que o investimento determinado por lei, de 12% ao ano.

Entre os inúmeros investimentos realizados na saúde, estão a implementação de 48 novos leitos de UTI em todo Estado – 10 em Dourados, 10 em Nova Andradina, 10 em Ponta Porã, 10 na Maternidade Cândido Mariano e oito no Hospital do Câncer, ambos na Capital. Também houve aumento no repasse de hospitais e incremento na realização de cirurgias eletivas por meio do programa Caravana da Saúde.

Municípios Beneficiados

Água Clara, Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Caracol, Cassilândia, Coronel Sapucaia, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Inocência, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Jardim, Jateí, Juti, Laguna Caarapã, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranaíba, Paranhos, Pedro Gomes, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde, Rochedo, São Gabriel do Oeste, Sete Quedas, Sidrolândia, Sonora, Santa Rita do Pardo, Tacuru, Taquarussu, Três Lagoas e Vicentina.

Fonte:Assessoria.


Busca
Último evento
Entrevistas