Banner
Sábado, 16 de Dezembro de 2017 - 04:06
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UNIVERSIDAD CENTRAL DEL PARAGUAY

Notícias


Motorista sequestrado e mantido em cárcere tem caminhão e carga roubados

Data da publicação: 12/08/2017 à00 11:29


Motorista de 36 anos foi sequestrado, mantido refém em cárcere e teve caminhão e carga avaliada em R$ 25 mil roubados. Caso teve início por volta das 14h de ontem e cativeiro foi localizado na Rua Janaina Chacha de Melo, região do Bairro Celina Jallad, em Campo Grande.

Vítima contou para a polícia que mora em Várzea Grande (MT) e que chegou em Campo Grande na última quarta-feira (9) para fazer uma entrega de colchões. Em seguida, carregou o caminhão com carga de salgadinhos, avaliada em R$ 25 mil para ser entregue em Cuiabá (MT).

No entanto, ontem, colega de trabalho perguntou em grupo de motoristas no WhatsApp quem estava em Campo Grande. Vítima respondeu e o colega então pediu que ele entrasse em contato com pessoa identificada como Braz, que pagaria R$ 1,2 mil para levar uma mudança até Cuiabá.

Motorista e o suposto cliente combinaram de se encontrar em frente a um supermercado atacadista na Avenida Costa e Silva. Porém, ao chegar no local, vítima se deparou com suposto sobrinho do Braz, identificado apenas pelo apelido de Neguinho.

Ambos seguiram em direção ao Bairro Celina Jallad, onde o motorista carregaria a mudança. Todavia, chegando no endereço, foi abordado por três comparsas, sendo que um deles estava armado e anunciou o assalto, pediu que ele colaborasse e que só queria a carga e o veículo.

Homem foi retirado do caminhão, teve os olhos vendados, foi levado para o interior de uma residência e amarrado. Trabalhador conseguiu levantar a venda e identificar todos os marginais que estavam no local. Ele percebeu ainda que os bandidos negociavam a carga por R$ 18 mil, marcaram hora e local de entrega. Também combinaram em levar o caminhão para o Paraguai.

Motorista contou que não foi agredido e que os assaltantes chegaram a pedir pizza e lhe ofereceram, mas ele não aceitou.

Por volta das 23h, bandido identificado posteriormente como Alcebíades disse que libertaria o motorista e se ele quisesse o veículo de volta teria que pagar R$ 10 mil. Em seguida, colocaram a vítima em um Chevette e a abandonaram em matagal no anel viário.

Prisões

Depois de libertado, motorista acionou a polícia e indicou o local do cativeiro. Policiais então foram até o endereço e encontraram casal de adolescentes. Os menores revelaram os nomes dos autores, que perceberam a presença dos militares e fugiram do imóvel pulando o muro dos fundos.

Policiais então fecharam o cerco e passaram a fazer rondas pela região, foi quando conseguiram prender Luiz Kaio Garsino dos Santos, 18 anos, escondido nos fundos de uma residência. Luiz então indicou o endereço do comparsa Rafael Valente da Silva, 21, que resistiu, mas foi preso em sua casa na Rua Artúrio Luiz Braga.

Rafael, por sua vez, levou os policiais até a casa de Alcebíades Simões Fernandes Filho, 20 anos, localizada na Rua das Coxilhas esquina com a Rua dos Pampas, onde foi apreendido revólver calibre .38 carregado com seis munições. Outras três munições intactas foram encontrada embaixo da cama e apreendidas.

Diante do flagrante, Alcebíades confessou que foi contratado para praticar o roubo mediante a promessa de pagamento de R$ 6 mil se conseguissem vender o caminhão no Paraguai.

De volta ao cativeiro, militares apreenderam porções de maconha e cocaína. Caminhão não foi recuperado e a suspeita é de que o comparsa foragido, Edgar Gill Ramires, de 20 anos, tenha levado o veículo para a região de fronteira.

Apesar de terem sido levados para a delegacia, adolecentes não responderão por ato infracional porque não participaram da ação criminosa. Segundo a polícia, eles moram na casa usada como cativeiro e permaneceram no local porque não tinham para onde ir.

Caso foi registrado como sequestro e cárcere privado, corrupção de menores, resistência, associação criminosa e tráfico de drogas.

Fonte:Assessoria..


Busca
Último evento
Entrevistas