Banner
Sábado, 16 de Dezembro de 2017 - 04:07
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UNIVERSIDAD CENTRAL DEL PARAGUAY

Notícias


Polícia leva 26 pessoas para delegacia após abordagem em tabacaria

Data da publicação: 12/08/2017 à00 11:30


Durante a madrugada de hoje, a Polícia Militar levou para prestar esclarecimentos na delegacia 26 pessoas que estavam em tabacaria, localizada no Jardim Noroeste, em Campo Grande. Menores estavam no local bebendo e fumando, entre eles, adolescente estava com porção de entorpecente.

Conforme apurado pela reportagem, a PM notou grande aglomeração de pessoas em frente ao estabelecimento e decidiu averiguar. No local, oito adolescentes, entre 14 e 17 anos, estavam ingerindo bebida alcoólica, fumando cigarros e narguile fornecidos pelos adultos.

Diante da ocorrência, todas as pessoas que estavam na tabacaria foram encaminhadas para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), no centro, para prestar esclarecimentos. Equipe do Batalhão de Choque foi acionada para dar apoio.

O menor flagrado com aproximadamente 1,7 gramas de maconha foi autuado por ato infracional análogo a portar drogas para consumo pessoal. Os demais adolescentes foram levados para a unidade por serem vítimas, pois estavam recebendo de adultos os materiais permitidos apenas para maiores de idade.

Jovens seriam liberados apenas com a presença dos pais ou responsáveis.

ESTABELECIMENTO

No local, a PM ainda identificou que a tabacaria não tinha 4 dos 5 alvarás necessários para o funcionamento do comércio. Proprietários só tinham o alvará de localização e direito de funcionamento até as 22h.

Tabacaria não tinha os alvarás da vigilância sanitária, da Polícia Militar Ambiental, de segurança do Corpo de Bombeiros e da Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops).

Um dos sócios do estabelecimento, Gabriel Pereira, de 19 anos, negou que no local havia adultos fornecendo bebida ou tabaco para os menores. Informou que, em um canto estavam os adultos e no outro, os menores estavam apenas conversando.

PM alegou que um dos motivos para ter levado clientes e donos para a delegacia, seria porque gerente é obrigado a controlar o consumo no local, averiguar se tem menor consumindo ou não.

Fonte:Assessoria.

 
Fonte:Assessoria.

Busca
Último evento
Entrevistas