Banner
Segunda, 23 de Outubro de 2017 - 03:22
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UNIVERSIDAD CENTRAL DEL PARAGUAY

Notícias


Dividindo para somar em 11 de outubro de 1977 nasceu um novo estado brasileiro

Data da publicação: 11/10/2017 à00 09:05


 

"A felicidade é um bem que se multiplica ao ser dividido". MarxwellMaltz

Lutar por um ideal é algo que faz um povo crescer e se tornaruma nação forte. O Brasil desde seu descobrimento datado em 22 de abril de 1500 vem se descobrindo e se redescobrindo através dos séculos, avançando dentro de seu território nacional, através de conflitos internos e externos, se fixou como uma nação forte continental na América Latina e no mundo, mas para isso passou por algumas mudanças internas marcantes, neste caso vamos citar uma, a criação do Estado de Mato Grosso do Sul.

Analisando alguns pontos de muitos que existem para a criação do estado de Mato Grosso do Sule os principais acontecimentos existentes dentro do período da transição da RepublicaVelha para República Nova, este fato histórico teve um dos seus principais pontos quando, a partir da década de 1930, as forças políticas que queriam a divisão do estado de Mato Grosso os chamados na época de (divisionistas), na sua grande parte do sul, para que isso acontecesse de maneira mais organizada, passaram a realizar varias pressões e investidas políticas junto ao Governo Federal, sem muito sucesso, pois os seus apelos não foram atendidos.

 
Foto publicada no livro Um Homem de Seu Tempo. 2011. De Luiz Alfredo Marques Magalhães. “Flagrante de um grupo de revolucionários” armados e sobre o comando de Aral Moreira, pois ele foi um dos primeiros a se posicionar a frente do processo revolucionário, desta forma Aral Moreira separatista convicto Armou seu grupo e foi para o confronto a favor da divisão. Foto publicada no livro Um Homem de Seu Tempo. 2011. De Luiz Alfredo Marques Magalhães. “Flagrante de um grupo de revolucionários” armados e sobre o comando de Aral Moreira, pois ele foi um dos primeiros a se posicionar a frente do processo revolucionário, desta forma Aral Moreira separatista convicto Armou seu grupo e foi para o confronto a favor da divisão.

Quando ocorreu a revolta Constitucionalista de 1932, a região mais ao sul Mato Grosso aderiu ao movimento, visando desta forma obter apoio para sua luta, sob a seguinte condição, em caso de vitória dos revoltosos, na sua maioria paulistas e estados aliados, obteria força política para a tão sonhada separação do norte no caso Mato Grosso.

Os militares rebelados, sob o comando deBertoldo Klinger, comandante nesse período histórico da Circunscrição Militar de Mato Grosso, que funcionava na cidade de Campo Grande,estrategicamente se instalaram no sul do estado de Mato Grosso um governo, que se tornou nessa época dissidente sob o comando de Vespasiano Martins que nesse períodoera o prefeito da cidade de Campo Grande.

O conflito se estendeu por três meses segundo relato histórico, o sul do estado de Mato Grosso autodenominou-se "Estado de Maracaju", os "constitucionalistas"que se autodenominavam divisionistas, foram derrotados pela força Getulista, não se cumprindo, assim, a promessa de divisão.

 
Imagem publicada no livro Um Homem de Seu Tempo. 2011. De Luiz Alfredo Marques Magalhães. “Síntese do sonho separatista”, ilustração da área territorial e sua abrangência, com 12 municípios, população e produção do estado de Maracajú
Fonte:Assessoria.
 
 
 

Busca
Último evento
Entrevistas