Banner
Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 14:22
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UCP 2018

Notícias


China e Rússia boicotam reunião da ONU sobre Venezuela

Data da publicação: 14/11/2017 à00 07:54


Nikki Haley

ChinaRússiaBolívia e Egito boicotaram nesta segunda-feira a reunião informal do Conselho de Segurança da ONU sobre a Venezuela. O país, qualificado nesta segunda-feira pelos Estados Unidos como uma “ameaça global”, classificou o encontro promovido pelo governo americano como um “ato hostil”, disse o embaixador venezuelano no órgão, Rafael Ramírez.

“A situação na Venezuela é mais uma tragédia humana e representa uma ameaça direta à paz e à segurança internacionais”, declarou a embaixadora americana Nikki Haley na reunião sobre a crise na Venezuela. A diplomata disse que foi pressionada por países latino-americanos a não realizar a reunião e não escondeu sua decepção com vários membros do Conselho de Segurança que “cederam à pressão venezuelana” e não compareceram ao encontro. “A Venezuela é um narco-Estado cada vez mais violento e que ameaça a região, o hemisfério e o mundo”, adicionou.

“Não acreditamos que o Conselho de Segurança deva se envolver neste tema no momento”, disse à imprensa o embaixador russo Vassily Nebenzia. Na mesma linha de seu par venezuelano, o representante de Moscou afirmou que a reunião “é uma ingerência nos assuntos internos da Venezuela”. Caracas firmará esta semana com a Rússia um acordo de reestruturação de 3 bilhões de dólares (de uma dívida de 8 bilhões de dólares), enquanto tenta renegociar com a China uma dívida de 28 bilhões de dólares.

Fonte:Assessoria.


Busca
Último evento
Entrevistas