Banner
Sexta, 25 de Maio de 2018 - 13:08
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
ucpooo

Notícias


Lembra do Perdido? A vida aprontou mais uma e mais uma vez Perdido mostra como dar a volta por cima

Data da publicação: 12/02/2018 à00 09:16


Quem lembra da história do cachorrinho chamado Perdido que o Pontaporainforma contou a história a um tempo atrás?

Pois bem, Perdido, mais uma vez, foi surpreendido pelas intempéries da vida. Foi abandonado ainda pequeno, foi desprezado, passou fome, frio, sofreu na chuva, mas um dia, resolveu que o Estádio Aral Moreira, em Ponta Porã, seria sua morada. conquistou o coração do servidor do local que passava o feriado solitário e no auge da sua angústia, pediu a Nossa Senhora Aparecida uma companhia e para sua surpresa, Perdido chegou. Não era um ser humano como o senhor Hélio Aguillar de Anastácio de Souza pediu por companhia, mas Perdido chegou e mostrou que não é preciso falar para conquistar, basta um olhar, um abano de rabo, uma lambida no rosto.

Mas a vida ainda estava por aprontar com Perdido que vivia faceiro, correndo pelos arredores do estádio Aral Moreira e fazendo amizade por onde passava. Perdido começou a ficar um pouco triste, amoado e seus cuidadores (sim, são muitos, enfim, todos que frequentam o estádio, dá uma forcinha nos cuidados com o perdido) começaram a ficar preocupados. O cachorro foi levado a dois veterinários que deram o mesmo laudo: Câncer. O desespero tomou conta de todos, sem recursos e com muito amor, pediram ajuda aos amigos do Perdido, criando, inclusive, um grupo de whatsapp para pedir doações.

E a ajuda veio. Veio na forma de seres humanos preocupados com o bem estar animal, ideia tão defendida por Peter singer, autor do best seller "Libertação Animal". Camila Bordão, amiga do Perdido, falou com o médico veterinário Avelino de Osti que iniciou o tratamento quimioterápico do Perdido. Serão 4 sessões de quimioterapia. A primeira sessão foi realizada, graças a contribuição de cada amigo do Perdido.

Uma das cuidadoras do Perdido, postou no grupo de whatsapp: " Perdido retornou da sua primeira sessão de quimioterapia, está bem, feliz por voltar para casa! Aliás, voltou para casa do Prof. Ademar que estará cuidando dele por esses dias, dando uma atenção a ele com relação a uma boa alimentação, para q não fique solto nas ruas, durante o tratamento. Por isso caso não vejam ele no Estádio, o motivo é esse, ok? Agradeço a boa vontade do Douglas, Dionísio, Keusy é demais q estiveram providenciando hj a carona, o transporte do Perdido até a Clínica! Quinta-feira, dia 15/02, Perdido precisa retornar a clínica para a segunda sessão! Conto com a colaboração de todos! Muito obrigado á todos pelo início de ajuda ao nosso amigo! Deus os abençoe!!!"

Porem, como Perdido ama a liberdade e odeia ficar preso, a professora Keusy informou que foi ao veterinário e ele disse que o Perdido pode levar a vida que levava normalmente. Assim o professor Ademar soltou ele para que volte a ter sua vida normalmente, sem privações.

Quem quiser contribuir com o tratamento do Perdido, basta entrar em contato com a Andréa: 67 99621 0906.

 
A primeira volta do Perdido após a químio. Comeu muito e está super feliz
 
 
Fonte:Assessoria.

Busca
Vídeos
Último evento
Entrevistas