Banner
Quarta, 18 de Julho de 2018 - 08:29
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UNIVERSIDAD CENTRAL DEL PARAGUAY

Notícias


Dalic conduz a Croácia para a final da Copa com 9 meses de trabalho

Data da publicação: 12/07/2018 à00 09:08


Zlatko Dalic abraça o meia e capitão Modric após vitória histórica sobre a Inglaterra REUTERS/Carl Recine

O técnico Zlatko Dalic entrou para a história das Copas e do futebol croata ao conduzir o país a uma inédita decisão após a vitória por 2 a 1, de virada, sobre a Inglaterra, nesta quarta-feira (11), em Moscou, em jogo válido pela semifinal do Mundial da Rússia. Agora, os croatas lutarão pelo título contra a França, no próximo domingo, às 12 horas (horário de Brasília), no estádio Luzniki, em Moscou.

Zlatko Dalic assumiu a seleção da Croácia em outubro de 2017 no lugar de Antom Cacic. Foram exatos nove meses de trabalho, dez jogos (6 vitórias, 2 empates e 2 derrotas) e uma vaga inédita em uma final da Copa do Mundo. O treinador também havia sido auxiliar na comissão anterior e atuado nas categorias de base da Croácia.

Antes de comandar a seleção principal da Croácia, o treinador, de 51 anos, nasceu em Livno, cidade situada na atual Bósnia — outra república que surgiu com a dissolução da Iugoslávia, no início dos anos 1990 —, havia trabalhado no Dinamo Tirana (Albânia), Al-Ain (Emirados Árabes Unidos), Al-Hilal e Al-Faisaly (Arábia Saudita), além de outros times croatas.

Ex-volante nos tempos de jogador, Dalic levou os croatas à classificação para o Mundial na segunda colocação do Grupo I das Eliminatórias Europeias, atrás da Islândia. Considerada uma das sensações da Copa de 2018, a Croácia fez uma excelente campanha na fase de grupos, quando bateu a Argentina por 3 a 0.

A partir das oitavas de final, os croatas não tiveram o mesmo desempenho técnico apresentado na primeira fase, mas mostraram consistência nos confrontos com a Dinamarca, a Rússia e a Inglaterra, nas oitavas, quartas e semifinal, respectivamente. Foram três prorrogações e duas classificações nos pênaltis (Dinamarca e Rússia).

Após o feito histórico — a Croácia superou a campanha da geração de 1998, terceira colocada na Copa da França —, o treinador Zlatko Dalic se mostrou confiante no título. Mesmo os croatas enfrentando justamente os franceses, algozes há 20 anos.

"Estamos fortalecidos mentalmente. Começamos seis semanas atrás e conforme o torneio foi andando, melhoramos. Somos uma nação sem medo, estamos na final", declarou o treinador da Croácia em entrevista coletiva após a vitória sobre os ingleses.

 

Fonte:Assessoria


Busca
Vídeos
Último evento
Entrevistas