Banner
Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 21:44
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UNIVERSIDAD CENTRAL DEL PARAGUAY

Notícias


EcoSport Storm tem ar aventureiro

Data da publicação: 16/07/2018 à00 12:46


Em julho do ano passado, a Ford apresentou o novo EcoSport, com novo design e novos motores, 1.5 nas versões de entrada e 2.0 equipando a versão top, Titanium. 

Tendo este modelo como base, nasceu o Storm, o seu destaque desde o lançamento, em fevereiro deste ano, é a tração 4WD, ou seja, tração conforme demanda nas 4 rodas. 

Por fora, ele é marcado pela nova grade com o nome Storm em relevo, máscara negra nos faróis dianteiros, capa de estepe rígida também com o nome da versão, rodas de 17 polegadas escurecidas e adesivos, que deixam o EcoSport com o ar de aventureiro. 

O interior adiciona uma proposta inovadora de estilo aos refinamentos da linha, como painel “soft”, bancos de couro e teto escuros, criando um contraste sofisticado com os frisos em laranja acetinado, estrategicamente posicionados na cabine. 

O motor é 2.0 Direct Flex de 176 cv, o mesmo que equipa a versão Titanium, a transmissão é automática de seis velocidades com conversor de torque. Seu sistema de tração inteligente 4WD funciona sem a necessidade de intervenção do motorista, distribuindo o torque entre as rodas para garantir rodagem mais eficiente e segura sempre que necessário, em pisos irregulares e de baixo atrito, como lama, areia, rampas e chuva. 

A suspensão dianteira reforçada e a traseira independente para absorver melhor o impacto e direção elétrica com novo ajuste garantem o conforto e a dirigibilidade. 

Em tecnologia e segurança, o EcoSport também se destaca, além dos 7 airbags, o sistema multimídia SYNC 3 com tela de 8 polegadas, controle de estabilidade com sistema anticapotamento, monitoramento de pressão dos pneus e teto solar elétrico. 

O preço é de R$104.190 no site da Ford.

Foram 7 dias a bordo do EcoSport Storm, com esse estilo mais aventureiro e claro que fomos em busca de aventura. Pelo Instagram do @correioveiculos fizemos uma enquete, e 83% dos seguidores pediram para testar o veículo na terra.

Na nossa opinião, o ponto mais forte é a suspensão e o acabamento interno, que melhoraram muito. Quem já andou nas versões anteriores do modelo, sabe que ela apresentava rangidos e barulhos internos que incomodavam. 

Nesta versão avaliada, que estava com quase 10.000 km rodados, não foram notados barulhos e realmente a suspensão está mais firme. Lógico que o Storm não é para trilhas e estradas em condições extremas, e sim para aquela pessoa que busca escapar do stress do dia a dia e vai para zona rural, enfim, um lugar mais tranquilo, onde a estrada é de terra, mas é boa. O 4WD é uma segurança a mais que o modelo dispõe e, como já foi dito, não precisa ser acionado ou engatado.

Ele funciona por demanda, com distribuição 70% na dianteira e 30% na traseira, podendo ficar 50/50. 

O Storm marrom Trancoso, cor de lançamento, disponível somente nessa versão, chama muito atenção, por ser bonita e diferente do modelo comum. 

Economia não é o seu ponto forte: na cidade, ficou na casa dos 7,5 km/l e na estrada chegou a fazer 12 km/l com gasolina. No total de 300 quilômetros percorridos, a média geral ficou em 9,7 km/l. 
Como alguns tropeiros dizem: “Tem que dar água pra tropa!” Afinal, são 176 cv com 22 kgfm de torque no etanol, e na gasolina cai pra 170 cv e 20 kgfm de torque. Outro ponto fraco, é o espaço no porta-malas, que vem com 356 litros. 

O principal concorrente do Storm é o Renault Duster, mas vale lembrar que nesta faixa de valor (R$104.190) existem várias opções de SUVs, como o Hyundai Creta, Nissan Kicks, Honda HR-V, Suzuki Vitara, Chevrolet Tracker, mas nem todos os modelos são traçados. 

Então, é como sempre falamos, o melhor carro é aquele que se encaixa no seu perfil. Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais como @correioveiculos e @correioestado.

 

Fonte:Assessoria


Busca
Vídeos
Último evento
Entrevistas