Banner
Segunda, 10 de Dezembro de 2018 - 12:19
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UNIVERSIDAD CENTRAL DEL PARAGUAY

Notícias


DF registra 3 casos de mulheres mortas pelos maridos em 2 dias

Data da publicação: 08/08/2018 à00 08:42


Carla Graziele Rodrigues Zandoná, que morreu ao cair de apartamento (Foto: Reprodução/TV Globo)

O policial militar Epaminondas Silva Santos, de 51 anos, assassinou a tiros a mulher Adriana Castro Rosa Santos, de 40 anos, na manhã desta terça-feira (7), na região do Riacho Fundo II, no Distrito Federal.

O crime ocorreu por volta das 10h, no dia em que a Lei Maria da Penha completa 12 anos. Em menos de dois dias, três casos foram registrados como feminicídio no DF (veja detalhes abaixo).

Segundo a polícia, Santos chegou ao local em uma motocicleta, chamou a mulher no portão e, quando ela saiu, atirou. Em seguida, o PM se suicidou. O casal tinha dois filhos, um menino de 11 anos e uma menina, de 7.

De acordo com depoimentos prestados à Polícia Civil, o casal estava em vias de se separar, mas o militar não aceitava o término. Epaminondas Silva Santos trabalhava no 8º Batalhão da PM, em Ceilândia Norte.

Em nota, a Polícia Militar afirmou que "lamenta imensamente o fato". "O trabalho diário dos policiais militares nas ruas do DF visa, entre outras coisas, evitar esse tipo de crime. A PMDF se solidariza com os familiares e está a disposição para auxiliar no que for necessário", apontou o comunicado.

 
 
Policial militar Epaminondas Silva Santos é suspeito de assassinar ex-mulher e se matar em seguida (Foto: Reprodução)
 
Fonte:Assessoria

Busca
Vídeos
Último evento
Entrevistas