Banner
Terça, 16 de Julho de 2019 - 19:21
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757

Notícias


Procon encontra variações em preços da cesta básica

Data da publicação: 12/07/2019 à00 10:04


Pesquisa realizada pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) revelou valores médios de produtos de consumo essenciais que compõem cesta básica, como arroz, café e açúcar, além de mercadorias de hortifruti, encontrados em supermercados de Campo Grande.

Foram comparados valores de 27 produtos de cesta básica. A maior variação encontrada pelo Procon foi em uma marca de lata de extrato de tomate, com diferença de 182,39% entre o menor e o maior valor cobrado pelos supermercados. Também foram encontradas variações de 175,42% em pacote de um quilo de sal e de 161% em suco concentrado. 

Já a menor diferença nos preços foi identificado no litro de leite, que entre o valor mais alto e mais baixo apresentou variação de 29,76%.

Quanto aos produtos de hortifruti, o Procon realizou pesquisa de custo de 59 alimentos. Os valores do quilo de laranja apresentaram variação de 311,18% nos estabelecimentos pesquisados, a maior da lista. Também foi encontrada diferença de 217,78% entre o maior e menor preço cobrado pela alface crespa e de 200,67% no quilo do abacaxi. O quilo de mel de abelha in natura teve a menor variação de valor entre os supermercados da capital, com 18,54%.

Para o levantamento dos preços de cesta básica foram realizadas visitas em 11 estabelecimentos da capital. Ao longo do mês de junho deste ano, o Procon estadual verificou valores encontrados no setor de hortifruti desses estabelecimentos.

Segundo o superintendente do Procon, Marcelo Salomão, o objetivo da pesquisa foi possibilitar ao consumidor adquirir produtos por preços mais baratos.  “Nossa intenção é ajudar a população e facilitar que nesse momento de crise possam comprar os itens mais baratos em variados estabelecimentos”, disse.

 

Fonte:Assessoria


Busca
Vídeos
Último evento
Entrevistas