Banner
Segunda, 16 de Dezembro de 2019 - 09:46
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757

Notícias


Com projeto sobre cultura Guarani Kaiowá, Escola do Sesi de Dourados é finalista de prêmio nacional

Data da publicação: 13/08/2019 à00 13:37


O projeto interdisciplinar "Nossa Cabana, Nossa Terra", idealizado pelos professores de Arte e Geografia junto aos alunos do 7º ano do Ensino Fundamental da Escola do Sesi de Dourados, é uma das finalistas do 20º Prêmio Arte na Escola Cidadã, promovido pelo Instituto Arte na Escola em parceria com o Governo Federal para disseminar o ensino de arte Brasil afora.

O "Nossa Cabana, Nossa Terra", dos professores Márcia Oliveira e Diego Corrêa, foi iniciado em 2018 e, com raízes fincadas nos povos indígenas Guarani Kaiowá, busca o reconhecimento das culturas híbridas nos espaços fronteiriços.

Aproveitando o gigante mapa mundi fixado no pátio da instituição de ensino, além da localização do município de Dourados, onde existe um território indígena, e a proximidade com a fronteira com o Paraguai, o objetivo é diversificar e pluralizar a representação dos países e sociedades indígenas pelos olhares dos estudantes.

O projeto foi desenvolvido em duas etapas, abarcando um curso de qualificação feito pela professora Márcia Oliveira e o desejo de pesquisar em conjunto com os alunos as propostas interculturais locais, que contou com reforço do professor Diego Corrêa.

"Refletimos sobre a cultura nas suas qualidades de resistência, pertencimento e representatividade, e buscamos nos conceitos de patrimônio material e imaterial dar voz ao significado de tradição cultural não hegemônica. Na cultura local, buscamos o rap Guarani Kaiowá do grupo Bro'MCs, da leitura das imagens e mitos indígenas brasileiros", explicou a professora Márcia.

Na parte da Geografia, os alunos redesenharam espaços territoriais e culturais em formas e cores. "Pontos, linhas e formas foram se processando com as questões identitárias e híbridas na construção de pequenas caixas disformes que se penduravam sobre o mapa mundial, resultando em uma instalação que reconheceu o planeta como uma enorme cabana", acrescentou Diego Corrêa.

 

O prêmio

O Prêmio Arte na Escola Cidadã tem como objetivo de reconhecer, revelar e dar visibilidade a projetos desenvolvidos por profissionais de ensino na área de Artes. É destinado aos professores que desenvolveram projetos nas escolas públicas ou particulares de todo o território nacional, nas áreas de Artes Visuais, Dança, Música e Teatro.

A Escola do Sesi de Dourados foi inscrita na categoria Ensino Fundamental II, e concorre aos seguintes prêmios: 10 mil reais em dinheiro, participação no evento de premiação, certificado, troféu e gravação de um documentário sobre o projeto e uma vivência cultural em São Paulo (SP), entregue ao professor; computador e câmera digital, entregue à escola.

 

Fonte:Assessoria


Busca
Vídeos
Último evento
Entrevistas