Banner
Domingo, 13 de Outubro de 2019 - 23:57
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757

Notícias


Ainda em alerta, bairros voltam a ter água na Capital

Data da publicação: 20/09/2019 à00 16:17


Ainda em alerta, fornecimento de água volta ao normal em bairros de Campo Grande. De acordo com informações da Águas Guariroba, a estratégia usada pela concessionária foi a de fazer manobras entre os 104 reservatórios.

Mesmo com a falta de chuva, a baixa de alguns reservatórios, que estava resultando em falta de água em 40 bairros da Capital, foi resolvido por meio de manobras dos reservatórios.

Ainda de acordo com a Águas, nem sempre a falta de água é resultado da baixa dos tanques. A manutenção ou vazamento da rede também são fatores.

Além da interligação dos sistemas dos bairros, novas unidades de bombeamento e perfuração de poços estão em andamento para melhorias no abastecimento. Mesmo com as ações da concessionária, a empresa pede para que a população continue se conscientizando que precisa fazer economia do bem líquido.

JUSTIFICATIVA

Em nota enviada no início desta semana, a Águas explicou que o problema foi ocasionado pelo aumento do consumo neste período de intenso calor e estiagem, que atrapalha o reabastecimento dos reservatórios. “Nos primeiros dias de setembro deste ano, o campo-grandense consumiu 20 milhões de litros de água a mais por dia, se compararmos com o mesmo período do ano anterior”, dizia o comunicado, que também pedia um consumo consciente por parte da população. 

De acordo com o diretor-executivo da empresa, Celso Paschoal, o sistema de abastecimento de água de Campo Grande conta com 104 reservatórios espalhados pela cidade, que têm capacidade para 97 milhões de litros de água. Por dia, o consumo médio do recurso hídrico na Capital é de 233 milhões de litros. Neste ano, com os dias quentes e secos, o consumo subiu para 267 milhões de litros.

Confira maneiras simples de economizar água:

- Tome banhos mais rápidos.

- Se você tem uma torneira pingando, consertea logo – o desperdício de água pode chegar a 2.000 litros por mês. Não tente apertar mais a torneira, pois isto desgastará a arruela e agravará o vazamento.

- Sempre que abrir uma torneira e esperar a água ficar quente, guarde a água fria numa jarra ou balde e usea para regar as plantas, encher o bule ou qualquer outra finalidade. Você pode economizar água (cerca de 4 litros!) a cada vez que fizer isso.

- Feche a torneira quando estiver escovando os dentes ou se barbeando.

- Se tiver a opção, use a meia-descarga no banheiro, sempre que for apropriado. Você pode economizar água (cerca de 8 litros!) por descarga.

- Só use a máquina de lavar na capacidade total. A redução do número de lavagens pode economizar grande quantidade de água – modelos com abertura superior chegam a usar 240 litros por lavagem.

- Não use a lava-louças com poucas peças. Cada ciclo de lavagem evitado representa uma economia de até 50 litros.

- Ao lavar a louça manualmente, enxágue os pratos na pia cheia de água em vez de sob a torneira. Você pode economizar até 15 litros por minuto.

- Lave frutas e verduras em uma bacia com água ou na pia cheia até a metade em vez de sob a torneira. Isso pode reduzir o consumo de água em mais de 30 litros a cada vez.

- Ao lavar o carro, use balde e esponja no lugar da mangueira. Se utilizar apenas seis baldes, a economia chegará a 150 litros por lavagem.

 

 

Fonte:Assessoria

 


Busca
Vídeos
Último evento
Entrevistas