Banner
Domingo, 08 de Dezembro de 2019 - 04:50
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757

Notícias


Dois dos trigêmeos que morreram afogados no Rio Paraná são sepultados

Data da publicação: 03/12/2019 à00 17:54


Irmãos que se afogaram no Rio Paraná no último sábado (30)Foto: divulgação/Facebook)

O enterro de dois, dos trigêmeos que morreram afogados no último sábado (30) no Rio Paraná, em Mundo Novo, comoveu a cidade de Alto Piquiri, no oeste do Paraná.

Nesta segunda-feira (2), Bruna Neves Brum e Giovane Neves Brum foram velados no Centro de Convivência do Idosos e sepultados no Cemitério Municipal. A outra irmã, Bianca, ainda não havia sido localizada até a última atualização desta reportagem. A tragédia aconteceu numa área conhecida como "Praia do Sol", local muito procurado por banhistas, mas considerado perigoso pelo Corpo de Bombeiros.

Além dos irmãos, Marcos Roberto de Campos, 47 anos, também morreu afogado. A primeira informação divulgada dava conta que Marcos era pai dos trigêmeos, mas a informação foi corrigida em seguida pelas autoridades que atenderam a ocorrência.

Conforme o Corpo de Bombeiros, Marcos e o filho dele, 14 anos, perceberam que uma das adolescentes se afastou do grupo e submergiu nas águas. Os irmãos dela tentaram resgatá-la, mas foram levados pela correnteza. Marcos e o filho tentaram ajudar os irmão e também se afogaram. O adolescente de 14 anos foi resgatado por testemunhas.

Em homenagem às vítimas, o colégio estadual Manoel Bandeira, onde os trigêmeos estudavam, suspendeu as aulas nesta segunda. O prefeito Luis Carlos Borges Cardoso, da cidade de Alto Piquiri, decretou luto de três dias pela morte dos adolescentes. Luis Carlos relembrou a emoção que foi para a cidade quando Bruna, Bianca e Giovane nasceram, os primeiros trigêmeos que nasceram no município.

Buscas - Pelo terceiro dia, as buscas por Bianca foram retomadas por volta das 5h desta terça-feira (3). Segundo o Corpo de Bombeiros, já foram acionadas equipes dos bombeiros de Guairá (PR) e do lado do Paraguai para ajudar nas buscas. (Com informações do site Ricmais)

 

Fonte:Assessoria


Busca
Vídeos
Último evento
Entrevistas