Banner
Quinta, 17 de Agosto de 2017 - 13:24
Jornalista Resp.: Cezar Miranda - Diretor: Karlos Bernado - Telefone: (67) 9677-0757
UCP

Notícias


Antes de morrer, Ian Brady revela que matou cinco crianças

Data da publicação: 19/05/2017 à00 13:42


O assassino Ian Brady revelou que matou cinco crianças na década de 60, antes de morrer, em um hospital psiquiátrico nesta segunda-feira.

O notório assassino, que torturou e matou cinco crianças nos anos 60, teve como cúmplice Myra Hindley, que alegou que os horríveis crimes foram motivados pelo existencialismo.

O Dr. Alan Keightley, que visitava Brady na prisão, todos os meses, desde 92, fez as seguintes declarações num artigo para o Daily Mail.

Descrevendo uma conversa com Brady, ele escreveu: “Por que crianças?”, exigi saber. Ele respondeu imediatamente, sem pestanejar, que se tratava de um “exercício existencial”.

No artigo, Keightley também afirma que Brady era “um niilista que acreditava que não havia sentido na vida, que o universo não tinha finalidade e que a religião era uma ilusão”

Fonte:Assessoria.


Busca
Último evento
Entrevistas